Ângulo Produções

Ângulo Produções
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 23 de março de 2017

Renatinho Se Ligue pede urgência em zeladoria Operação Tapa-buraco no jardim São José

Verônica Ribeiro
Como representante do povo, Renatinho diz que se vê na obrigação de apontar os problemas ao Poder Legislativo, e após isso, cobrar incessantemente para que o problema seja solucionado

O mais jovem vereador da região do Alto Tietê, Renato Ramos de Souza, o Renatinho Se Ligue (PPS) esteve nos últimos dias andando pelas ruas de Ferraz de Vasconcelos e percebeu a quantidade absurda de buracos existentes nas ruas da cidade, especialmente na Rua Madalena Bezerra da Silva Gonzales, no jardim São José.

Diante do problema, o jovem vereador tentou por inúmeras vezes e de diferentes meios uma reunião com o responsável dos Serviços Urbanos para passar os principais problemas que a população reivindica em seu gabinete e nas ruas, no entanto, não obteve sucesso na comunicação com o funcionário da Prefeitura.

Renatinho teme que esse problema que já vem se arrastando por meses, tome uma proporção maior, consequentemente fazendo com que as despesas para a manutenção e correção dessa via sejam ainda maiores. Outra preocupação do parlamentar é a passagem de carros e pedestres no local:

“A cada dia que passa, os buracos na rua do São José, Jardim Yone e Parque São Judas só vem aumentando e se agravando e, daqui uns dias nenhum veículo, nem mesmo o ônibus vai conseguir transitar por lá. O nosso gabinete e a população já sinalizou esse problema para a prefeitura, o que falta agora é o Poder Executivo resolver essa situação, que prejudica a vida de centenas de pessoas do bairro”, argumenta Renatinho.

O vereador espera que nos próximos dias seja atendido pelo responsável da Operação Tapa-buraco, pois ao andar nas ruas de Ferraz, tem recebido muitas reclamações da população em relação à crítica situação que as vias do município se encontram. Como representante do povo, Renatinho diz que se vê na obrigação de apontar os problemas ao Poder Legislativo, e após isso, cobrar incessantemente para que o problema seja solucionado, visando o bem-estar e comodidade do munícipe.

Indicações

Percebendo que o problema de asfalto não é somente nessa via em questão, Renatinho também elaborou indicações ao Poder Executivo para que outras vias, inclusive na área central da cidade sejam recapeadas ou passem pela Operação Tapa Buraco, além de também passarem por serviço de limpeza, manutenção e retirada de entulhos. Entre as ruas, estão a Gregório Slechiticius, também no Jardim São José, Avenida XV de Novembro, na área comercial da cidade e a Rua Maria Teresa, no Parque São Judas.

Ferraz sediará 1º Workshop de Agricultura do Alto Tiête

Leticia Riente
A Secretaria de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia de Ferraz de Vasconcelos, em parceria com a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), sediará o 1º Workshop de Agricultura do Alto Tietê. A decisão foi firmada nesta quarta-feira (22 de março), por meio de uma visita do coordenador do órgão, Michel Reche Beraldo, ao gabinete do prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta.

Os serviços que serão oferecidos na capacitação serão definidos na próxima semana, mas é confirmada a palestra de técnicos da Codeagro, que orientarão os agricultores de Ferraz e da região, pois a formação também será para trabalhadores rurais das cidades vizinhas.

O objetivo é auxiliar o agricultor nas questões administrativas e burocráticas, bem como na técnica e
prática do plantio. As orientações também serão voltadas a documentação que o trabalhador deve ter e como ela deve ser feita para a efetiva regularização do serviço.

De acordo com o secretário de Indústria e Comércio, Pedro Elias Bou Assi, Ferraz tem 25 agricultores e o ideal é alinhar as diretrizes estaduais e municipais para oferecer melhor respaldo ao agricultor da cidade. “Com o total apoio do prefeito Zé Biruta, seremos a cidade pioneira nesta iniciativa e quanto mais ferramentas para fomentar a agricultura local, melhor ficará. Para isso, estamos buscando estratégias com o governo estadual e já vimos resultados”, afirma Bou Assi.

Feira do agricultor
Em breve, Ferraz de Vasconcelos receberá a Feira do Agricultor, onde os trabalhadores rurais da cidade ganharão barracas para auxiliar na hora da venda dos alimentos cultivados. A ação será permanente e levará os insumos direto do agricultor ao consumidor por um preço baixo.
A data para o início das atividades da feira ainda está sendo estudada pela pasta de Indústria e Comércio.

Foto: Aurélio Alves 

Especialistas criticam proposta de igualar #aposentadoria de mulheres e homens

Débora Brito 
A comissão especial da Reforma da Previdência faz audiência
pública para debater seguridade social e a condição da mulher
A proposta de equiparar a idade de aposentadoria entre homens e mulheres, presente na proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso pelo governo, foi debatida hoje (23) na comissão especial da Câmara para discutir o tema. Mulheres de diferentes instituições argumentaram sobre a necessidade de manter ou mudar a diferenciação de idade que vigora atualmente.

A proposta de emenda constitucional (PEC) 287/2016 prevê que tanto homens quanto mulheres se aposentem quando atingirem 65 anos de idade. Hoje, as mulheres podem se aposentar aos 60 anos, cinco a menos que os homens, ou quando atingem 30 anos de contribuição. Não há idade mínima para se aposentar.

Desigualdade de contextos

A Juíza Noêmia Aparecida Garcia Porto, secretária-geral da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), avalia que igualar a idade mínima para ambos os sexos é inconstitucional. “A diferenciação entre homens e mulheres está prevista na constituição brasileira para fins de aposentadoria. É uma desigualdade que está condicionada a um cenário, para que a igualdade efetiva seja considerada”, argumentou.

Noêmia explicou que a diferenciação na Previdência foi aprovada para compensar o fato de que as mulheres assumem a maior parte das tarefas domésticas, além de outras ocupações, e a persistente desigualdade de gênero na realidade do mercado de trabalho no Brasil. “O argumento da PEC é meramente formal e despreza essa realidade real de desigualdade vivenciada na pele por cada uma das brasileiras”, afirmou.

A magistrada classificou a reforma proposta pelo governo de "perversa"  e inviável, pois retira direitos consolidados e segue a lógica do mercado privado e não dos princípios constitucionais.

Noêmia rebateu os argumentos de que as mulheres vivem mais e contribuem menos com a previdência. “De fato, elas são minoria entre os contribuintes, mas isso se deve a diversos fatores. A informalidade atinge mais as mulheres. Elas recebem salários mais baixos e benefícios previdenciários mais modestos. E ocupam postos de menos destaque no mundo do trabalho”, disse.

Para resolver o problema do déficit do Regime Geral da Previdência, a magistrada propõe que sejam reveladas as origens da sonegação, que se busquem fontes extras de seguridade social e que seja feita a auditoria das contas da previdência, entre outras soluções. “O tema do equilibro das contas no setor publico é sério e pertinente, mas apenas se considerar todas essas variantes que revelam a injustiça de retirada dos direitos das mulheres”, declarou.

Condições diferentes de trabalho

Os argumentos da juíza foram reforçados pela apresentação da professora da Universidade de Campinas, Marilane Teixeira, e pela Técnica da Diretoria de Estudos e Políticas Sociais do IPEA, Joana Mostafá. Ambas apresentaram diversos números e pesquisas que corroboram, segundo as pesquisadoras, a necessidade de diferenciar a idade das mulheres.

Para a professora Marilane, a diferenciação da idade de aposentadoria para as mulheres é um dos grandes méritos do regime previdenciário atual. Ela argumenta que a diferença nas regras de acesso ao benefício da Previdência contribui para aumentar a inclusão de pessoas que têm condições diferentes de trabalho e, assim, compensar as desigualdades estruturais do mercado de trabalho. “É um reconhecimento, através da lei, de que existe uma condição desigual entre os sexos no trabalho”, disse Marilane.

A pesquisadora Joana, do IPEA, alertou para a dificuldade que as mulheres têm para comprovar o tempo de contribuição. Ela classificou a reforma como uma tendência de “masculinização da previdência” e destacou que outras políticas devem ser adotadas para reduzir a desigualdade de gênero, e não para aprofundá-la. “A diferença de cinco anos na idade de aposentadoria está de acordo com o sobretrabalho feminino e isso não tem apresentado tendência de mudar no Brasil”, afirmou.

Já a Procuradora Regional da 3ª Região, Zélia Luiza Piedorná, defendeu o acúmulo da concessão da aposentadoria e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) sob o ponto de vista da coletividade. Para Zélia, o acesso aos benefícios deve ser regido pela necessidade de garantia dos princípios democráticos e não por uma lógica "individual e privatista".

Sobre o “rombo” da Previdência alegado pelo governo, a procuradora alertou para a urgência de resolver o problema das fraudes no sistema de concessão de benefícios no Brasil, o que poderia servir como solução. “Não se pode ter uma legislação que estimula mal comportamento”, afirmou.

Aproximação de contextos

A Assessora Especial da Casa Civil da Presidência da República, Martha Seiller, defendeu o texto original apresentado pelo governo e justificou a necessidade de igualar a idade mínima de aposentadoria para as mulheres.

A assessora disse que dados demográficos mostram uma evolução da inserção da mulher no mercado de trabalho e uma tendência de aproximação do salário pago às mulheres ao que é pago aos homens. Martha argumentou que as justificativas para manutenção da diferença de cinco anos na idade de aposentadoria entre homens e mulheres já não se sustentam como antigamente.

A assessora explicou ainda que a pirâmide demográfica brasileira está cada vez mais desfavorável para manter o sistema previdenciário equilibrado, já que a base jovem tem diminuído, devido à queda na taxa de natalidade, topo de idosos está crescente, com o avanço da expectativa de vida, "Como é que esse sistema previdenciário sobrevive com uma mudança tão brusca na taxa de natalidade e expectativa de vida sem passar por mudanças?", questionou.

Martha afirmou que as regras de transição previstas na reforma para vigorar em 20 anos podem compensar as desigualdades que ainda vigoram. A assessora afirmou ainda que a diferença de cinco anos é a maior entre os regimes de outros países que ainda consideram a necessidade de diferenciação.

Para a assessora, também não são suficientes os argumentos das debatedoras sobre a dupla jornada feminina, uma vez que os homens hoje também executam as tarefas domésticas. Martha disse que esta ideia não deve ser usada com naturalidade, como se fosse uma realidade imutável, sob o risco de favorecer o que definiu como “constitucionalização do machismo”.

Fonte: AB / Foto: Marcelo Camargo

Supremo nega recurso de Lula para suspender processo da Lava Jato

André Richter 
O Supremo Tribunal Federal (STF) negou hoje (23) recurso para suspender parte da investigação sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato.

Em um rápido julgamento, por unanimidade, o plenário rejeitou uma reclamação na qual os advogados questionaram a decisão do ministro Teori Zavascki – morto em acidente aéreo em janeiro – que devolveu ao juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, as investigações contra o ex-presidente na Lava Jato, após anular um grampo telefônico entre Lula e a ex-presidenta Dilma Rousseff. [inserir link -  ]

Os advogados pediram a anulação de toda a investigação por entenderem que Sérgio Moro usurpou a competência da Corte ao ter grampeado uma conversa da ex-presidenta que, na época, tinha foro privilegiado. A interceptação telefônica veio à tona após Moro retirar o sigilo das investigações.

De acordo com a defesa de Lula, a liminar não poderia ter sido julgada individualmente por Zavascki. Além disso, os advogados pediram que a Corte enviasse à Procuradoria-Geral da República (PGR) cópia da decisão de Teori para que Moro seja investigado por ter violado sigilo das conversas da Presidência da República.

Fonte: AB

quarta-feira, 22 de março de 2017

Mariah Gomes lança "EP Vendaval" em noite de muita emoção

Bruna Moura
Em uma noite repleta de emoção, que reuniu familiares e amigos no último domingo (19) na Primeira Igreja Batista do Recreio, na Zona Oeste do Rio, Mariah Gomes lançou seu primeiro EP Vendaval, distribuído pela Sony Music e disponível no formato físico e também nas plataformas digitais.

Membro da igreja há dois anos e integrante do ministério de louvor, Mariah apresentou as canções Vendaval, Sopro, com participação da cantora Gabriela Gomes, e Asas, primeiro single do disco que conta com mais de 160 mil visualizações no clipe lançado pelo YouTube.

Visivelmente emocionada, a cantora agradeceu a todos que apoiaram seu sonho de lançar seu primeiro trabalho e também apoiam sua carreira. "Foram 24 anos sonhando com esse projeto e cada canção nasceu de experiências muito fortes que tive com Deus e hoje posso ver as promessas que Ele me fez se cumprindo e eu não podia lançar esse trabalho em outro lugar. Aqui (na PIB do Recreio) foi onde me acolheram e cuidaram de mim", disse Mariah Gomes, que ainda interpretou a canção Oceanos, versão do sucesso do Hillsong United.

Ao final do culto, Mariah recebeu o público que compareceu ao lançamento e autografou o EP, além de conceder entrevista para a imprensa. Agora, a cantora se prepara para lançar o clipe da canção Cura, que foi gravado nas dunas de areia de Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro.

Fonte: AI

CADES Guaianases realiza reunião para discutir questões sobre meio ambiente no bairro

Alessandra Maciel

Durante a última reunião do CADES foram discutidos ações para promover a coleta de óleo, planejamento do seminário sobre meio ambiente  e aniversário de Guaianases

A última reunião do Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz - CADES que aconteceu na Biblioteca Cora Coralina, no dia 16/03, foram discutidos assuntos relevantes para a expansão e conscientização da preservação do meio ambiente no bairro.

Durante a reunião os conselheiros estudaram a possibilidade de fortalecer parcerias para a coleta de óleo, participação e reuniões com construtoras do bairro para informar sobre os impactos ambientais das obras na região, além de se organizarem para a programação do aniversário de Guaianases. Outro assunto abordado foi a criação de seminários trimestrais para aprofundar sobre questões ambientais no bairro que em breve será divulgada a programação.

O CADES - Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz possui caráter participativo e consultivo e tem por objetivo social promover e apoiar Políticas Públicas atinentes ao Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz, por meio de recomendações e proposições de planos, programas e projetos.

As reuniões acontecem mensalmente na Biblioteca da Cora Coralina (Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113), e a próxima reunião está marcada para o dia 20/04, a partir das 10 horas. Junte-se a esta equipe!!

Serviço
Reunião do CADES
Data: 20/04/2017
Horário: a partir das 10 horas
Local: Biblioteca Cora Coralina
Endereço: Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 - Guaianases

Fonte: AI

Secretário de Educação cobra construção de unidades escolares e verbas do FDE com secretário de Estado

 Carla Fiamini
Realizado a pedido do governador Geraldo Alckmin, em São Paulo-SP, encontro entre as autoridades contou com a presença do deputado estadual André do Prado

Nazih Youssef Franciss participou na semana passada, em São Paulo-SP, de uma audiência com o secretário de Estado da Educação, José Renato Nalini. Na oportunidade, o secretário de Educação de Suzano-SP cobrou rapidez no processo de construção de uma creche e de uma escola estadual na cidade, além de alinhar questões relacionadas ao programa “Ler e Escrever” e ao aumento de verbas destinadas à merenda escolar. O encontro, que contou com a presença do deputado estadual André do Prado, foi realizado a pedido do governador Geraldo Alckmin.

Durante a reunião, o secretário do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi cobrou de Nalini providências quanto ao início das obras das duas instituições de ensino estadual (escola e creche). O projeto-executivo de ambos equipamentos está concluído, aguardando somente a liberação de recursos por parte da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) para serem edificados.

De acordo com Franciss, o objetivo da audiência com o secretário de Estado foi tomar conhecimento dos trâmites legais que possam beneficiar Suzano com outros convênios, incluindo a liberação de aporte e início de novas obras na área do ensino, como àquelas que possam diminuir a demanda do município em vagas de creches e escolas de ensino básico. O chefe da pasta de Educação susanense também tratou na reunião com Nalini sobre outros repasses do Estado que podem ser reavaliados e melhor empregados na cidade:

“Me encontrei com o governador Geraldo Alckmin na celebração católica maronita, na capital, no início deste mês, e fiz questão de conversar com ele sobre alguns assuntos que já pretendia tratar em audiência com o secretário (de Estado de Educação) José Renato Nalini. Essa agenda foi importante para temos ciência do status de alguns projetos e para dar celeridade aos trâmites burocráticos que vão possibilitar a liberação de verba para Suzano, visando à construção de duas unidades na cidade, sendo uma creche e uma escola estadual. Tenho certeza que, com o apoio do Governo do Estado para a construção desses equipamentos, vamos potencializar a qualidade do ensino no município”, argumentou Franciss.


Mudança
Nos dois primeiros meses do novo governo, a administração municipal criou 623 novas vagas na rede de ensino local. Somente no Jardim Colorado, foram abertas 308 oportunidades. A ampliação foi fruto de um remanejamento da estrutura educacional daquela região. Em pouco mais de um mês de gestão, também foi inaugurada a creche “Ângelo Garcia”, no bairro Casa Branca, permitindo a matrícula de 155 crianças, de 4 meses a 3 anos:

“No decorrer de 2017, com a entrega de novas unidades, ainda mais vagas serão disponibilizadas. Queremos inaugurar nos próximos três meses, por exemplo, a creche do Jardim Europa, que terá capacidade para atender 150 crianças, e a do Miguel Badra, que está com as obras paradas. Agora, vamos trabalhar para a vinda dessas duas novas escolas, com a ajuda do Governo do Estado. Além disso, continuaremos cobrando o governador quanto a um possível reforço na subvenção

Fonte: SCS / Foto: Irineu Jr.

terça-feira, 21 de março de 2017

Blogueiro que antecipou notícias sobre Lula é levado para depor a pedido de Moro

Daniel Mello
O blogueiro Eduardo Guimarães, responsável pelo Blog da Cidadania, foi conduzido coercitivamente hoje (21) para depor na Superintendência da Polícia Federal (PF) em São Paulo. Segundo a PF, ele foi levado para prestar declarações como parte de um inquérito aberto na Justiça Federal no Paraná. Por meio de sua assessoria, o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, informou que solicitou o depoimento de Guimarães porque ele é alvo em uma investigação que apura a quebra de sigilo criminal.

Guimarães afirma que foi questionado a respeito do vazamento de informações da operação em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi levado para depor, também sob condução coercitiva, em 4 de março de 2016. Dias antes, em 28 de fevereiro, o blogueiro havia antecipado a ação, informando que o sigilo bancário de Lula e de familiares dele havia sido quebrado e que o ex-presidente sofreria busca e apreensão nos imóveis de sua família. De acordo com a Justiça Federal no Paraná, o inquérito busca identificar os agentes públicos que teriam ajudado a divulgar as informações sobre a operação contra o ex-presidente Lula antes que ela ocorresse.

Protesto

Ainda de acordo com Moro,  o blogueiro não pode ser considerado jornalista e, por isso, não está protegido pelo dispositivo constitucional do sigilo da fonte. "As diligências foram autorizadas com base em requerimento da autoridade policial e do MPF [Ministério Público Federal] de que Carlos Eduardo Cairo Guimarães não é jornalista, independentemente da questão do diploma, e que seu blog destina-se apenas a permitir o exercício de sua própria liberdade de expressão e a veicular propaganda político-partidária", argumentou.

Por meio das redes sociais, Guimarães protestou contra a ação de hoje. “É lamentável viver em um país em que a liberdade de imprensa está sendo pisoteada. E em que pessoas comprometidas com a informação e com a democracia sejam submetidas a todo tipo de constrangimento, por via da lei”, disse em sua página no Facebook. O blogueiro diz ainda que foram apreendidos pelos policiais dois celulares, o seu e de sua mulher, um computador e um pendrive.

Na ocasião, Lula foi levado do seu apartamento, em São Bernardo do Campo, para prestar depoimento no escritório da Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, zona sul da capital paulista. Como parte da 24ª fase da Operação Lava Jato, também foram expedidos mandados de busca em diversos endereços do ex-presidente, acusado de receber vantagens indevidas de empreiteiras investigadas na operação policial.

Força-tarefa

Nota da força-tarefa da Lava Jato sobre diligências realizadas nesta data

Á noite, a força-tarefa da Lava Jato divulgou nota informando que, nesta data, "foram executadas diligências policiais com a finalidade de aprofundar apurações relacionadas ao crime de obstrução da justiça. Dentre os motivos das providências, estão provas de que um blogueiro informou diretamente aos investigados a existência de medidas judiciais sob sigilo e pendentes de cumprimento".

De acordo com a nota, "esse vazamento para os investigados ocorreu antes mesmo da publicação das informações no blog, portanto a diligência não foi motivada pela divulgação das informações à sociedade. Além disso, as providências desta data não tiveram por objetivo identificar quem é a fonte do blogueiro, que já era conhecida, mas sim colher provas adicionais em relação a todos os envolvidos no prévio fornecimento das informações sigilosas aos investigados".

"O Ministério Público Federal reforça seu respeito ao livre exercício da imprensa, essencial à democracia. Reconhece ainda a importância do trabalho de interesse público desenvolvido por blogueiros e pela imprensa independente. Trata-se de atividade extremamente relevante para a população, que, inclusive, contribui para o controle social e o combate à corrupção", consluiu a nota.

Fonte: AB

segunda-feira, 20 de março de 2017

Leanderson, ex-Sumov, vai atuar no futsal paulista

Gilberto Santos

Destaque no Sumov (CE) nas últimas temporadas, o ala/pivô Leanderson está de casa nova. Neste domingo (19), o atleta informou com exclusividade ao ‘Futsal em Pauta’ que irá defender as cores do Vocem/Assim neste ano. A equipe do interior paulista terá pela frente grandes competições, dentre elas, a Taça Cidade de SP, Campeonato Estadual da Série A1, Jogos Regionais, Jogos Abertos do Interior e Taça TV Tem.

Leanderson se apresenta já nesta semana, quando estão programados dois jogos amistosos: contra o Corinthians, quinta-feira, no Ginásio Wlamir Marques (Parque São Jorge), e sábado, diante a AABB/Mapfre, também na casa do adversário.

Foto: Divulgação


Jogos Parapan-Americanos de Jovens começam nesta segunda em São Paulo

Elaine Patricia Cruz
Começa hoje (20) em São Paulo a quarta edição dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens. Cerca de 800 atletas, de 20 países, com idade entre 13 e 21 anos, participam da competição, que termina no próximo sábado (25).

“Este evento tem se tornado um dos principais do calendário”, disse Edilson Alves, diretor do comitê organizador. “Nas duas últimas edições, o Brasil chegou em primeiro lugar no quadro de medalhas. É uma competição que ficamos muito satisfeitos de realizar porque talentos estão sendo mostrados pela primeira vez”, ressaltou.

Nesta edição, segundo ele, a intenção é fazer com que a delegação brasileira continue entre as melhores do mundo. “A Colômbia cresceu muito, a Argentina, o México. E isso ajuda muito a região a se desenvolver. Mas estamos bastante confiantes em que o Brasil vai manter a primeira colocação no quadro, assim como fez nas duas últimas edições”, afirmou.

O evento ocorre no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, inaugurado em maio do ano passado e localizado na Rodovia dos Imigrantes. Os atletas vão competir em 12 modalidades: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa, basquete em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas. A mascote dos jogos é Mona, uma macaca bugio, espécie encontrada em reservas de Mata Atlântica.

A primeira competição está marcada para as 9h30 de hoje, com a disputa das seleções da Argentina e da Venezuela no futebol de 7 (para atletas com paralisia cerebral). O Brasil estreia às 11h45, contra a Colômbia, na mesma modalidade. A cerimônia oficial de abertura ocorre às 18h, no Pavilhão Oeste do Anhembi, com a participação dos atletas Verônica Hipólito (atletismo), Alana Maldonado (judô), Yohansson Nascimento (atletismo), Daniel Dias (natação), Bruna Alexandre (tênis de mesa) e Evani Calado (bocha), todos medalhistas nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. “Vai ser uma grande festa. Estamos preparando uma surpresa para os atletas. Estamos trabalhando para que eles se sintam à vontade e tenham uma festa à altura”, disse Alves.

Outras edições

As demais edições do evento ocorreram na Venezuela (2005), Colômbia (2009) e Argentina (2013). Em 2013, na Argentina, o Brasil liderou o quadro de medalhas, com 209, sendo 102 de ouro.

Uma das atletas que vai participar desta edição é a mesa-tenista brasileira Danielle Rauen, bronze nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Revelada no Parapan de Jovens na Argentina, onde conquistou uma prata, ela conversou com a Agência Brasil nesse domingo e disse que pretende conquistar o ouro. “Este ano, espero ser campeã. Treinei bastante”, contou. “Os jogos são uma oportunidade para os atletas mais jovens, que estão se integrando ao esporte, serem revelados”, acrescentou Danielle.

Aos cinco anos, a mesa-tenista recebeu o diagnóstico de artrite reumatoide juvenil, doença degenerativa. Segundo o perfil da medalhista no site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, a doença provocou atrofia nas articulações, afetando principalmente as mãos, o quadril, o joelho e o ombro.

A atleta, que já participou de competições em vários países, elogiou o centro de treinamento brasileiro e a preparação para esta edição dos jogos. “Para falar a verdade, não vi nenhum [centro de treinamento] parecido ou semelhante a esse aqui [de São Paulo], que é gigantesco e tem todos os esportes. Recebemos todo o apoio e coordenação para um bom desempenho no próximo ciclo, em 2020 [Paralimpíada do Japão]. Tenho certeza de que o meu treinamento aqui nesse novo centro vai ser melhor do que foi nos últimos três anos para o Rio”, acrescentou.

A agenda completa das competições pode ser conferida no endereço http://saopaulo2017.com/site/wp-content/uploads/competition-schedule-2017.pdf.

A entrada nos jogos é gratuita, mas sujeita à lotação do local de competição.

Enem: Inep divulga notas dos treineiros nesta segunda-feira

Mariana Tokarnia

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga nesta madrugada as notas dos treineiros - candidatos que ainda não concluíram o ensino médio - no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os resultados estarão disponíveis, segundo a autarquia, à 0h de segunda-feira (20) na Página do Participante.

As notas do Enem dos demais candidatos foram divulgadas no dia 18 de janeiro. Os treineiros, no entanto, têm o resultado divulgado depois para que não possam participar dos processos seletivos para vagas no ensino superior público, como Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As vagas no ensino superior são voltadas apenas àqueles que concluíram o ensino médio.

Na edição do ano passado, foram 1.344.060 treineiros inscritos, o que representa 16% dos mais de 6,1 milhões de candidatos fizeram o Enem.

Fonte: AB

domingo, 19 de março de 2017

Temer: força tarefa é criada para investigar frigorífigos alvos da Carne Fraca

Ivan Richard Esposito

Na abertura da reunião com cerca de 40 representantes de países importadores de carne brasileira, o presidente Michel Temer anunciou hoje (19) maior rigor na fiscalização dos frigoríficos do país. Temer ressaltou que problemas descobertos pela Operação Carne Fraca são pontuais, que a carne produzida e exportada pelo país é de qualidade e que o governo determinou celeridade nas auditorias que serão feitas nos estabelecimentos envolvidos no esquema criminoso.

“Quero fazer um comunicado de que decidimos acelerar o processo de auditoria nos estabelecimentos citados na investigação da Polícia Federal. Na verdade, são 21 unidades, no total, três dessas unidades foram suspensas e todas as 21 serão colocada sob regime especial de fiscalização a ser conduzida por força tarefa do Ministério da Agricultura”, anunciou Temer.

Para o presidente, as empresas flagradas no esquema de “maquiagem” de carne estragada é um “mínimo” diante do total de plantas frigoríficas do país.  “É importante sublinhar que dos 11 mil funcionário do Ministério da Agricultura, apenas 33 estão sendo investigados e das 4.837 unidades sujeitas a inspeção federal, delas, apenas 21 estão supostamente envolvidas em irregularidades. Fazemos essa comunicação para que os senhores, acompanhando o que estamos fazendo a partir de ontem, possam lançar esse comunicado aos seus países, governantes para tranquiliza-los no tocante ao noticiário que se deu nesses últimos dias”, disse aos representantes de países importadores de carne brasileira.

Temer considerou o assunto como urgente e, para atestar a confiança no produto brasileira, o presidente convidou os diplomatas para uma churrascaria.  “Queremos convidar a todos para, quando saímos daqui, quem puder aceitar, vamos todos a uma churrascaria para comer a carne brasileira”, disse o presidente.

Foto: Beto Barata