Ângulo Produções

Ângulo Produções
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Largo da Feira terá atividade prática sobre postura correta neste sábado

Simone Leone
Quem for à feira poderá também aprender postura correta ao dormir e ao acordar. Será montado um quarto, como de uma casa, com o objetivo de simular o ambiente mais próximo da realidade, para que as pessoas aprendam movimentos adequados

Neste sábado, 19 de agosto, moradores de Suzano e região que passarem pela principal feira livre da cidade, no Largo da Feira, na região central, poderão aprender práticas posturais que influenciam na prevenção de doenças, entre elas, dores na coluna.

Durante toda a manhã de sábado, estudantes e docentes do curso de  Fisioterapia da Faculdade Piaget de Suzano ensinarão, com demonstração, a forma correta de se deitar e de se levantar, bem como orientarão sobre tipos de travesseiros – aqueles prejudiciais à coluna, e ao sono, e os mais adequados.
Para tanto, no local será montado um quarto, como de uma casa, com o objetivo de simular o ambiente mais próximo da realidade: com cama e outros apetrechos, que irão compor o cenário. As pessoas que quiserem aprender e tirar dúvidas só terão de ir até o espaço destinado à prática e atendimento da população. Toda a atividade é gratuita.

“Dia D da Fisioterapia”
A prática faz parte da inserção da Faculdade Piaget no “Dia D” de Valorização dos Profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, idealizado e organizado pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional de São Paulo (Crefito-3).

Nesse dia, mais de 50 cursos de graduação dessas áreas de universidades do Estado de São Paulo realizarão ações práticas e gratuitas para a comunidade para mostrar e reforçar a importância dessas duas profissões para a assistência e promoção da saúde, além da prevenção de doenças ou distúrbios e tirar dúvidas da população sobre alterações posturais.


Serviço:
Orientação gratuita à comunidade sobre práticas posturais – “Dia D da Fisioterapia e Valorização da Profissão”.
Público: Pessoas de todas as idades / atividade gratuita.
Dia: 19 de agosto (sábado).
Horário: Das 8h às 13h.
Local: Largo da Feira Livre de Suzano.
Endereço: Rua Benjamin Constant, 1903, centro de Suzano.

A religião nos empresta muitas caras e nenhuma delas é a cara de Deus

Por Ubirajara Crespo 

Estudos bíblicos em Juízes, cada capítulo 

Atemorizados pela presença dos filisteus e amorreus na terras que lhes foram designadas por Moisés, os danitas não requisitaram a sua herança no território de Judá. Emfim resolveram avaliar esta possibilidade e enviaram espias para se infiltrarem entre o povo local e procurarem uma fraqueza capaz de facilitar a invasão. Descobriram na casa de Mica uma mistura da religiosidade judaica com as crenças locais. Perceberam também, que os amorreus e os filisteus já não estavam presentes naquelas terras férteis e que o povo habitava ali distraidamente. Para completar o pacote argumentativo resolveram acrescentar um componente profético, pedindo ao velho amigo levita, que fizesse uma previsão favorável aos danitas. Ele usou o chavão profético, que os israelitas procuravam ouvir antes de sair para a batalha:

“Disse-lhes o sacerdote: Ide em paz; o caminho que levais está sob as vistas do Senhor.”
Juízes 18:6.

Falsas profecias, como esta, já foram feitas com o objetivo de ganhar favores profissionais, financeiros, políticos, para realizar casamentos convenientes, entronizar Reis, eleger pastores e realizar levantes eclesiásticos. — Sinto de Deus, que você se casará comigo. Disse um rapaz para a moça mais bonita da Igreja. Ela prontamente respondeu: — sou uma mulher casada. É o que as pessoas chamam de cantada profética. Já soube de casos em que alguém pediu a um profeta amigo seu, que fosse dizer ao irmão empregador o seguinte: — eu o Senhor encontrei um funcionário ideal para a sua empresa. A primeira letra do nome dele é Francisco.

Foi este tipo de religiosidade que eles implantaram no território da cidade de Dã, crendo, que aquilo pareceria simpático aos moradores do local, que facilitaria a entrada da tribo naquele local. Os danitas se utilizaram de meios escusos na sua ocupação da terra. Foi assim que espalharam uma contaminação religiosa em Israel, chegando a colocar a imagem construída por Mica, em Dã, fundando uma nova sede religiosa, que tentava roubar a cena de Siló, a cidade onde ficava o Tabernáculo.

Fonte: Sob Nova Direção


Abertas inscrições para 1º Torneio de Beach Tennis das Estações – G2 Construtora

Esporte que vem se tornando “queridinho” dos mogianos terá nova etapa no Clube de Campo. Os competidores disputarão troféus em quatro categorias com partidas que serão realizadas na Arena Poliesportiva “Roberto da Silva Pires”

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) promove, em setembro, a Etapa Primavera do “1º Torneio de Beach Tennis das Estações – G2 Construtora”. As inscrições estão abertas e vão até o dia 17 de setembro. As partidas serão disputadas nos dias 22, 23 e 24 do mês que vem nas quadras de areia da arena poliesportiva.

A prática do beach tennis, que surgiu nas praias brasileiras e chegou aos grandes centros urbanos, também conquistou os mogianos e hoje é sucesso de adesão entres os associados do Clube de Campo. Nesta etapa do mês de setembro, os competidores disputarão o troféu na Arena Poliesportiva “Roberto da Silva Pires” nas categorias: Masculino (A, B e C); Feminino (A, B e C); Mista (A, B e C) e Infantil.

As vagas para o torneio são limitadas. As inscrições devem ser realizadas pelos associados no Departamento de Esportes do clube. O CCMC vem se consagrando como referência nesta modalidade esportiva em Mogi e região. Neste ano, as duas etapas realizadas – Outono e Inverno – atraíram grande número de participantes e de público.

Fonte: AI

Prefeitura de Guararema realiza leilão de máquinas e veículos

A Prefeitura Municipal de Guararema realiza leilão de máquinas e veículos no dia 30 de agosto, às 9 horas no auditório da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Agricultura. Serão leiloados um Voyage 1.6, uma Ambulância Ford Courier 1.6; um Caminhão Chevrolet equipado com tanque espargidor de asfalto; um Rolo Compactador de Pneus; um Picadeira/Ensiladeira de Capim; uma Grade Hidráulica e um Arado Hidráulico.

Os interessados podem fazer a vistoria dos bens entre nos dias 23, 24, 25, 28 e 29 de agosto das 9h às 11h e de 14h às 16h, no depósito da Prefeitura Municipal de Guararema, que fica na Estrada Municipal Jorge Minski, 930, Sítio dos XV.

Podem participar pessoas físicas e jurídicas.  Pessoas físicas devem portar documento de identidade, CPF, comprovante de endereço e quando for o caso, procuração do representante legal registrada em cartório. Pessoas jurídicas precisam apresentar o contrato social e CNPJ, além do RG e CPF do seu representante no leilão. Servidores municipais da administração direta estão proibidos de participar.

O leilão funciona com a abertura de lances a partir do lance mínimo estipulado pelo leiloeiro, sendo que o arrematante que oferecer o maior lance será considerado o comprador. A Prefeitura tem o direito de não realizar a venda caso o preço mínimo estipulado não seja atingido.

A Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Agricultura fica na Rua 19 de Setembro, 134, no Centro de Guararema.

Fonte: AI

Termina nesta sexta-feira o prazo para inscrição no Encceja

Sabrina Craide

Termina nesta sexta-feira (18) o prazo de inscrição para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Os interessados em obter a certificação do ensino fundamental ou ensino médio devem se inscrever no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O exame é direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir estudos em idade própria. É necessário ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do ensino fundamental, e 18 anos para a do ensino médio. As provas serão realizadas no dia 22 de outubro, em 564 municípios distribuídos em todos os estados.

Até o ano passado, os estudantes com mais de 18 anos poderiam usar o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para receber o diploma do ensino médio. Agora, a certificação será feita exclusivamente pelo Encceja.

O exame terá quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma proposta de redação. Para obter o certificado ou declaração de proficiência, o participante deve completar, no mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento.

Os locais de aplicação do Encceja e mais detalhes sobre as inscrições podem ser vistos no portal do Inep. As pessoas privadas de liberdade e os jovens que cumprem medida socioeducativa poderão fazer o Encceja nos dias 24 e 25 de outubro. Para brasileiros residentes no exterior, a prova será no dia 10 de setembro.

Fonte: EBC

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

PC Baruk compara Daniela Araújo à mulher adúltera: “Se alguém está sem pecado, atire a pedra”

O cantor Paulo César Baruk publicou uma reflexão sobre o caso Daniela Araújo, exposta pelo ex-namorado em uma gravação que revela o uso de drogas, e numa paráfrase com o episódio da mulher adúltera, no qual Jesus instiga aqueles que não têm pecado a julgarem-na, frisou que o Evangelho não defende o pecado, mas exalta o perdão.

De acordo com Baruk, tanto o caso da cantora quanto o da mulher adúltera não eram boatos: “A história começa num flagrante, a denúncia era real, a tragédia se via anunciada, lá estava a ré, lá estamos TODOS NÓS, expostos diante de todos, das armas para a execução e da possível disposição dos mestres da lei em executar a lei que eles também não podiam cumprir”.

Daniela Araújo e Paulo César Baruk são amigos e já gravaram juntos, e nesse contexto, o cantor chamou atenção para o fato de que, na mensagem de Jesus não há motivos para ocultar o erro: “É verdade, diante de fatos não existem argumentos, nem deveria existir. Que vantagem há em se esquivar de um Deus que se dispõe a justificar quem se confessa?”, questionou.

Lembrando que “a presença de Jesus propõe um novo fim para o roteiro”, Baruk destacou que o destino de morte certa da mulher adúltera se transformou em perdão e calou seus perseguidores: “Elementos, até então secundários, protagonizam a história, Graça, Perdão entram em cena atingindo a consciência de quem carrega nas mãos e nos lábios apenas o desejo de colocar Jesus à prova, custe o que custar”.

Os fariseus, segundo o cantor, “pensavam, é o fim desse discurso amoroso e subversivo”, já que a armadilha estava armada: “‘Se nos contrariar, todos perceberão, a Moisés contrariará. Se concordar conosco, pisará e apagará seu próprio rastro de amor e misericórdia…’ Diante disso, Jesus diz: ‘Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela. Inclinou-se novamente e continuou escrevendo no chão’ (João 8:7b)”.

A paráfrase proposta por Paulo César Baruk se encontra com o caso de Daniela Araújo no momento em que a resposta de Jesus desarma espíritos alvoroçados por linchamento: “Os que o ouviram foram tirando as mãos do teclado de seus computadores e smartphones, um de cada vez, começando pelos mais velhos (paráfrase minha)”.

“Então Jesus pôs-se em pé e perguntou-lhe: ‘Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?’ ‘Ninguém, Senhor’, disse ela. Declarou Jesus: ‘Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado’ (João 8:10-11). O assunto do dia é outro, o pecado diferente, os acusadores carregam outras armas mas, o Perdoador ainda é o mesmo”, acrescentou.

Ao final, Baruk sublinhou que “em Jesus e, apenas por causa dEle, é possível recomeçar”, e diante disso, é bom “que ninguém se apresse em condenar aqueles a quem Deus escolhe perdoar. […] Antes que alguém deduza que o meu intento é defender a caminhada musical/profissional de uma amiga de longa data, quero lembrá-los que, além dos rótulos que a gente recebe, imprime e impõe, existe sempre um alguém a quem Deus ama e a quem quer bem, mesmo que você não queira!”.

Fonte: GM

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Operação retira 50 pessoas em situação de rua debaixo dos viadutos em Guaianases

Alessandra Maciel

Hoje pela manhã aconteceu uma operação para abrigar as 50 pessoas em situação de rua que estavam alocadas debaixo do viaduto próximo ao CEU Jambeiro, atrás do Parque Guaratiba, e debaixo do viaduto ao lado do Mercado Municipal Leonor Quadros.

Essa ação contou com a equipe de limpeza e fiscalização da Prefeitura Regional Guaianases, Supervisão de Saúde, Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, Frei Robson Santos, presidente Associação Nossa Senhora das Graças, que mantém a casa de acolhida em Guaianases e CPTM.

Todas as pessoas em situação de rua foram encaminhadas para a Casa Temporária de Acolhimento do Aricanduva, e as pessoas que precisavam de atendimento médico foram encaminhadas para o Hospital Geral Guaianases, houve um caso de um rapaz que estava foragido e outro de saída por conta do dia dos pais que foram levados pela Polícia Militar.

Fonte:

Moro defende "vontade política" para que medidas anticorrupção avancem

Marli Moreira

O juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, defendeu hoje (15) que os parlamentares do Congresso Nacional têm um papel importante para evitar que as ações de combate à corrupção retrocedam ao invés de avançar.

Ele destacou que não basta a ação da Justiça criminal para acabar com a corrupção sistêmica e que toda a sociedade tem de estar engajada. As declarações foram dadas ao discursar no encontro Mitos&Fatos, promovido pela rádio Jovem Pan, em um hotel na região dos Jardins, em São Paulo.

"Para o avanço de medidas anticorrupção é necessário ter vontade política que vem, em parte dos agentes políticos e em parte da sociedade civil, que vota e também reclama”, disse o magistrado, que chegou a ser aplaudido de pé pela plateia, por seus trabalhos na condução da Operação Jato, que investiga desvios de recursos da Petrobras. Ele advertiu, no entanto, que o movimento social deve ser suprapartidário para que alcance o seu objetivo.

Moro fez um balanço positivo da Lava Jato ao lembrar a condenação de quatro diretores de alto escalão da Petrobras, dez representantes da classe política e a recuperação aos cofres públicos de pelo menos US$ 98 milhões, até agora.

Fonte: Agência Brasil / Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Fotos Pública

Comandante do Exército diz que cortes no orçamento comprometem ações

Ivan Richard Esposito

A redução de recursos devido ao contingeciamento orçamentário está levando as Forças Armadas a uma “situação crítica”, disse hoje (14) o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas. De acordo com o general, a falta de verbas está comprometendo ações de segurança nas fronteiras e o desenvolvimento de ações sociais por parte dos militares.

“[A segurança das fronteiras] fica comprometida, bem comprometida. As operações de fronteira já estão sendo reduzidas. Porque na medida que falta combustível e outros insumos necessários, se torna impossível prosseguir no mesmo ritmo que estava antes”, disse Villas Bôas, após a cerimônia de apresentação dos oficiais-generais promovidos, no Palácio do Planalto.

Segundo o general, as restrições orçamentárias já estão prejudicando as “capacidades essenciais” das tropas.  “Também a nossa capacidade de desenvolver ações sociais, por exemplo, a entrega de água no Nordeste. São 4 milhões de pessoas [atendidas]. Nos preocupa muito que a nossa capacidade de atender essas demandas seja comprometida”.

O general descartou o fechamento de unidades militares, mas afirmou que poderá haver redução de expediente em algumas bases.  “Unidades não serão fechadas, pelo menos por enquanto. É muito perigoso criarmos vazios. Mas pode haver redução de expediente, o que é extremamente desconfortável. Vamos tentar evitar isso”, disse Villas Bôas.

O governo anunciou no fim de julho um novo bloqueio orçamentário de R$ 5,9 bi, que afetou diversas áreas. O corte foi necessário para repor a queda na expectativa total de arrecadação e o equilíbrio das contas para que o governo possa cumprir a meta fiscal prevista para 2017.

Elogios

Em discurso na cerimônia de promoção de militares, Temer fez elogios às Forças Armadas. “Sabemos sempre poder contar com as Forças Armadas, em primeiro lugar, para aquela que é sua principal atribuição: a proteção de nosso vasto território, de nosso imenso litoral, de nossas imensas riquezas”, disse Temer.

“Muitas vezes, tenho tido o privilégio de acompanhar nossos militares em operações em fronteiras remotas do país. Nessas ocasiões, além de constatar o trabalho essencial de defesa da nossa soberania, verifico o papel que nossas Forças Armadas desempenham na área social”, acrescentou.

Ao discursar sobre a atuação das Forças Armadas no apoio às ações de segurança pública nas cidades, com acontece atualmente no Rio de Janeiro, Temer disse que a garantia da lei e da ordem “está na moda”.

“Tenho certeza de que os senhores [generais promovidos] seguirão exercendo, com competência, sob a égide do Ministério da Defesa, as funções que lhes atribui a Carta Magna: a defesa da Pátria, a garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa destes - aliás, está muito na moda -, a garantia da lei e da ordem”.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Coral Resgate lança novo single, "Tua Glória", nas plataformas digitais

Após o sucesso do álbum “24 Horas Fiel”, que marcou a estreia do Coral Resgate na Universal Music Christian Group, o grupo acaba de lançar o single “Tua Glória”, nas plataformas digitais. A nova música, que tem composição de Lucas Augusto (tenor do coral), traz a produção musical de Abel Santos, com gravação no Playco Studio. O grupo agora conta com dois novos integrantes, Thally Francis e Pitte Goiabeira.

“Estamos muitos felizes em lançar esse single, que marca a parceria com o Abel Santos. ‘Tua Gloria’ é uma música diferente de tudo que já fizemos, mas com a nossa característica musical”, afirmou Gustavo Mariano, líder do coral.

Gustavo ainda fez uma análise do álbum “24 Horas Fiel”, o quarto álbum do grupo: “Conseguimos reunir um repertório muito bom, sem perder a nossa essência. Todas as canções escolhidas tratam do tema ‘fidelidade’, pois a partir dela a graça e a misericórdia de Deus nos envolve com o seu amor”.

Nos próximos meses, o canal do grupo na VEVO, estreia a série “Coral Resgate Live Session”, que terá os grandes sucessos que marcaram a carreira do grupo, além das suas músicas mais recentes.  Acesse o site oficial e confira as próximas apresentações: http://coralresgate.com.br/

Fonte: AI


quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Itaquá Garden Shopping promove segunda edição de projeto musical

Palco Garden dará início em setembro a nova fase de seleção de artistas para se apresentarem no empreendimento, sempre às sextas-feiras; vídeos devem ser enviados via Facebook

O ‘Palco Garden’, um dos grandes projetos de divulgação dos talentos musicais do Alto Tietê e idealizado pelo Itaquá Garden Shopping, dará início a sua segunda edição no mês de setembro. Após quatro semanas de apresentações da primeira edição, reunindo grandes talentos musicais e animando os visitantes do Garden, o projeto iniciará novamente a captação e seleção de artistas para a segunda edição.

Na primeira edição do Palco Garden, foram dezenas de vídeos enviados e quatro artistas selecionados para apresentações realizadas sempre às sextas-feiras, no palco instalado na Praça Food Truck do centro comercial. De acordo com o departamento de marketing do Garden, a adesão do público foi positiva e a segunda edição promete ainda mais envolvimento dos ‘fanáticos’ por música.

“Nossa primeira edição foi um verdadeiro sucesso, pois recebemos muitos vídeos de artistas talentosos de toda a região. Agora, vamos dar início à segunda edição para selecionar novos cantores e esperamos uma participação ainda maior dos internautas na hora de eleger o artista da semana”, comenta a coordenadora de marketing do shopping, Natalia Garcia.

Para concorrer, os artistas devem enviar, via mensagem inbox para o Facebook oficial do Itaquá Garden Shopping, um vídeo de até um minuto cantando alguma música. Os candidatos podem enviar vídeos com voz e violão ou também com a ajuda de um amigo, na percussão por exemplo. Os participantes devem ter idade acima de 18 anos e no mínimo dois anos de experiência no ramo musical. Juntamente com o vídeo, os candidatos devem enviar nome completo, data de nascimento e telefones para contato.

Segundo Natalia, o projeto é de grande importância para os artistas e talentos musicais da região. “O Palco Garden permite que os cantores exponham seus trabalhos em um espaço agradável, familiar e descontraído. Com isso, funciona como uma verdadeira ‘vitrine’ para os artistas, além de empolgar e divertir nossos visitantes”, completa.


terça-feira, 8 de agosto de 2017

Itaquá Garden Shopping inaugura lotérica e caixa eletrônico

Melhor e mais completo centro de compras do Alto Tietê agora disponibiliza agência das Loterias Caixa e caixa eletrônico do Banco 24 Horas em suas dependências

Com o objetivo de melhorar ainda mais a estrutura oferecida para os visitantes e lojistas, o Itaquá Garden Shopping agora disponibiliza um caixa eletrônico do Banco 24 Horas e uma unidade das Loterias Caixa em suas dependências.

Os serviços já estão em funcionamento e prometem trazer ainda mais conforto e facilidade para todos, segundo o superintendente do maior e mais completo centro de compras do Alto Tietê, Alexandre Botelho.

“A abertura da unidade das Loterias Caixa e a instalação dos caixas eletrônicos do Banco 24 Horas é mais uma grande novidade que trazemos para nossos visitantes e lojistas. Agora, fortalecemos ainda mais a estrutura oferecida pelo Garden, que se torna a cada dia uma referência comercial no Alto Tietê”, afirma o superintendente.

Localizada no mesmo corredor da Wise Up, a unidade das Loterias Caixa disponibiliza diversos serviços essenciais para os clientes, como recebimento de contas, pagamento de benefícios sociais, jogos, apostas e outros serviços financeiros.  Já o caixa eletrônico do Banco 24 Horas, instalado no corredor dos sanitários próximos à loja Havan, oferece acesso simples e prático aos principais bancos do País, incluindo serviços como saques, transações, consulta de saldo e pagamentos diversos.

“São serviços essenciais em um centro comercial com o porte do Itaquá Garden Shopping. Em pouco mais de três meses de funcionamento, estamos realizando melhorias diárias para atender e receber nossos visitantes da melhor forma possível. Nossa missão é trazer cada vez mais comodidade e atrativos para todos”, completa Alexandre Botelho.

Sobre o Itaquá Garden Shopping

Estrategicamente localizado na Estrada Governador Mario Covas com a Estrada do Mandi, 1.205, no bairro Campo Limpo, o Itaquá Garden Shopping possibilita fácil acesso tanto para os moradores de Itaquaquecetuba quanto para os visitantes de outras cidades da região.

Com investimentos na ordem de R$ 150 milhões, o mais novo centro de compras do Alto Tietê tem 46 mil m² de área construída. São cinco lojas âncoras, cinco mega lojas, um supermercado, cinco salas de cinema de ultima tecnologia, 221 lojas satélites, sete lojas de serviços, dois restaurantes, 22 opções de fast-food e mais de 1.000 vagas de estacionamento. Entre as lojas instaladas estão Cinema Cinépolis, Havan, Renner, Lojas União, Supermercado Nagumo, DiGaspi, Kalunga, Lojas Americanas, Marabraz e Preçolandia.

O Itaquá Garden Shopping funciona de segunda-feira a sábado, das 10 às 22 horas. Aos domingos e feriados, as lojas ficam abertas das 14 às 20 horas e a praça de alimentação, das 11 às 22 horas. Idosos e PNE não pagam estacionamento de Segunda a Quinta feira. Também de segunda a quinta, das 12 às 15 horas, quem consumir acima de R$20,00 nos estabelecimentos de alimentação, fica isento da cobrança do estacionamento.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Itaquá Garden Shopping atinge um milhão de visitantes nos três primeiros meses

Centro de compras de Itaquaquecetuba movimentou cerca de R$ 35 milhões em negócios e gerou três mil vagas de emprego desde a inauguração; satisfação dos visitantes é de 83%

Consolidado como o melhor e mais completo centro de compras do Alto Tietê, o Itaquá Garden Shopping completou três meses de funcionamento na última terça-feira (25 de julho) e atingiu a marca de um milhão de visitantes desde a sua abertura. Além disso, o Garden comemora excelentes índices de aprovação por parte dos usuários. Em totens instalados no shopping, a administração contabilizou uma satisfação de 83% nos três primeiros meses. Com a comercialização dos espaços em ritmo acelerado, 13 novas lojas já serão inauguradas nas próximas semanas, incluindo Lotéricas Caixa, Rossi kids, Wise Up, Laboratório Deliberato, E&Z Modas, Festival de Móveis, Energia e Saúde, Claro e Ramov Empório do Suco. Com isso, a expansão do empreendimento deverá ser lançada ainda no primeiro semestre de 2018.

“Estamos sempre trabalhando para surpreender nossos visitantes, com novidades, campanhas, promoções e outros inúmeros atrativos. Oferecendo a estrutura mais completa e a melhor diversidade de lojas, temos a certeza de que o Itaquá Garden Shopping já se firmou como referência entre os centros de compras do Alto Tietê. Nosso fluxo de visitantes prova isso, além da confiabilidade que adquirimos entre os moradores de Itaquá e das cidades vizinhas”, diz a coordenadora de marketing do Garden, Natália Garcia.

Outros índices de destaques nos três primeiros meses de funcionamento do Itaquá Garden Shopping foram as movimentações financeiras e a geração de vagas de emprego. Afinal, desde a inauguração, o centro de compras já movimentou mais de R$ 35 milhões em negócios, além da criação de três mil postos de trabalho de forma direta e indireta.

Segundo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho, Itaquaquecetuba é a cidade que mais gerou empregos no Alto Tietê nos seis primeiros meses de 2017. Foram 7.742 contratações e 6.626 demissões, resultando em 1.116 novas vagas criadas. O número é quase três vezes maior do que as vagas criadas na segunda cidade do ranking, Suzano, que teve um saldo positivo de 380 postos de trabalho.

Para o superintendente do empreendimento, Alexandre Botelho, o Itaquá Garden Shopping veio para fomentar ainda mais o desenvolvimento econômico de Itaquaquecetuba. “Sabemos que a cidade está ocupando um patamar mais elevado na questão econômica, já que os últimos levantamentos mostram que a cidade é a que mais criou postos de trabalho. Com certeza, o Itaquá Garden Shopping é um dos grandes responsáveis por esse número positivo”, conta.

Botelho também ressalta os mais de R$ 35 milhões em negócios desde a abertura do empreendimento. “Acredito que a diversidade de lojas é um grande atrativo para os visitantes, que há três meses possuem excelentes opções em todos os segmentos em apenas um só lugar. Isso contribui para que as vendas atinjam números excelentes e altamente satisfatórios para os lojistas. O comércio é um dos pilares de Itaquaquecetuba, por isso trabalhamos sempre em prol da economia local”, completa.

Sobre o Itaquá Garden Shopping
Estrategicamente localizado na Estrada Governador Mario Covas com a Estrada do Mandi, 1.205, no bairro Campo Limpo, o Itaquá Garden Shopping possibilita fácil acesso tanto para os moradores de Itaquaquecetuba quanto para os visitantes de outras cidades da região.

Com investimentos na ordem de R$ 150 milhões, o mais novo centro de compras do Alto Tietê tem 46 mil m² de área construída. São cinco lojas âncoras, cinco mega lojas, um supermercado, cinco salas de cinema de ultima tecnologia, 221 lojas satélites, sete lojas de serviços, dois restaurantes, 22 opções de fast-food e mais de 1.000 vagas de estacionamento. Entre as lojas instaladas estão Cinema Cinépolis, Havan, Renner, Lojas União, Supermercado Nagumo, DiGaspi, Kalunga, Lojas Americanas, Marabraz e Preçolandia.

O Itaquá Garden Shopping funciona de segunda-feira a sábado, das 10 às 22 horas. Aos domingos e feriados, as lojas ficam abertas das 14 às 20 horas e a praça de alimentação, das 11 às 22 horas. Idosos e PNE não pagam estacionamento de Segunda a Quinta feira. Também de segunda a quinta, das 12 às 15 horas, quem consumir acima de R$20,00 nos estabelecimentos de alimentação, fica isento da cobrança do estacionamento.

Fonte: AI

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Fotógrafos são homenageados no Rotary Club de Poá

No último dia 12, a nova diretoria do Rotary Club de Poá tomou posse. O presidente Francisco Padin Martin foi reeleito e presidirá a instituição por um mais um ano rotário (2016/2018). Criado na cidade de Chicago, nos EUA, no ano de 1905, o Rotary é a mais antiga organização internacional de clubes de serviço. Os associados a esses clubes são chamados de rotarianos. Eles são homens e mulheres que prestam serviços voluntários às comunidades onde atuam profissionalmente, ajudando a promover a ética nos negócios e desenvolvendo projetos em diversas áreas, como saúde e educação, cujo grande objetivo é estimular a boa vontade e a paz mundiais.

Durante a cerimônia de posse da nova diretoria do Rotary, os fotógrafos Mauro Manoel e Adilson Santos foram homenageados com o “Diploma de Reconhecimento Meritório”, em reconhecimento aos relevantes e inestimáveis serviços prestados clube, com a divulgação de seus trabalhos.

O fotógrafo e colunista social Mauro Manoel começou seu trabalho no ano de 1974, no “Foto Joia”, em Poá. Já no ano de 1979, ingressou na “Comarca de Suzano”, passando por diversas mídias no Alto Tietê e no município de São Paulo. Por volta de 2002, Mauro ingressou como colunista social no jornal “A Comarca de Poá”, posteriormente passou pelo “AT Notícias” e hoje está no “Jornal da Hora”, e também atua nas redes sociais e em uma página na internet. Ele se sente gratificado e honrado pelo reconhecimento da diretoria do Rotary: “a gente faz este trabalho social para ajudar, não esperava”, declarou Manoel.

O fotógrafo Adilson Santos descobriu sua vocação quando registrou a tragédia do voo 402 da TAM. Ele já atuava do meio de comunicação, fazendo programas de rádio. Fotografou para diversos jornais da região e também para o Grupo Folha. Atualmente trabalha em sua agência de notícias e marketing digital, e também é diretor executivo da Associação Brasileira de Mídias Evangélicas no Estado de São Paulo. “Esse reconhecimento do Rotary é de grande valia, pois anda em conjunto com o trabalho de justiça social, me sinto muito grato pela prestigiosa homenagem”, disse Adilson.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Proibição do comércio de vendedores ambulantes gera protesto no centro de BH

Léo Rodrigues
Camelôs de Belo Horizonte fizeram um protesto hoje (3) contra medidas anunciadas pela prefeitura da capital mineira para coibir o comércio por parte de vendedores ambulantes. Gritando palavras de ordem contra o prefeito Alexandre Kalil, os manifestantes interditaram o trânsito na Praça Sete, no centro da cidade, onde se cruzam as avenidas Afonso Pena e Amazonas. A Polícia Militar fez uso de bombas de gás lacrimogênio para dispersar o protesto.

Durante a confusão que começou pela manhã, lojistas chegaram a fechar as portas e houve correria de quem passava pelo local.  Até o fim da tarde, ainda havia camelôs na Praça Sete conversando com a população. Diversos estabelecimentos abertos mantinham, por precaução, as portas parcialmente fechadas e um funcionário na entrada observando a movimentação.

Segundo vendedores ambulantes, houve feridos com tiros de bala de borracha disparados pela Polícia Militar. “Usaram a força para reprimir quem não tem força. Foi uma covardia”, disse o camelô Luciano de Oliveira, que vende acessórios para celulares, óculos e brinquedos. Por sua vez, a corporação diz que um grupo minoritário entre os manifestantes arremessou pedras contra policiais e danificou uma viatura, sendo necessária a intervenção com jatos de água, bombas de gás lacrimogêneo e tiros de bala de borracha.

“Vias importantes foram fechadas pela manhã e, através do diálogo, nós negociamos a retirada dos manifestantes e liberação das pistas. Infelizmente, um grupo estava mais exaltado, mas foi uma ação rápida. A PM é parceira de qualquer manifestação, desde que ocorra dentro da ordem, o que estava ocorrendo até que alguns se exaltaram”, disse o major Flávio Santigo, chefe da sala de imprensa da Polícia Militar. De acordo com ele, não houve detidos, mas vídeos ainda serão analisados para identificar eventuais crimes.

Operação
O protesto ocorreu após a prefeitura de Belo Horizonte dar início hoje (3) a uma operação de fiscalização para coibir a venda de ambulantes nas ruas do centro da cidade. O trabalho consiste em orientar camelôs com estrutura montada que este tipo de trabalho infringe o Código de Posturas do município. Caso insistam em continuar com as atividades, os produtos à venda são apreendidos e a infração pode gerar uma multa de aproximadamente R$1,9 mil.

“A operação está sendo realizada por uma equipe composta por cerca de 400 pessoas, entre fiscais, agentes de campo, Guarda Municipal e Polícia Militar”, informou em nota a prefeitura. Paralelamente, o Poder Público vem propondo alternativas aos vendedores ambulantes. Uma delas é ocupar estandes nos shoppings populares que existem no centro da cidade. Para tanto, um projeto de lei deverá ser enviado à Câmara Municipal nos próximos dias com o objetivo de garantir um subsídio temporário para que os ambulantes consigam se instalar e se adaptar a estes locais.

Entre os dias 26 e 28 de junho, cerca de 1,5 mil camelôs cadastrados e não cadastrados foram atendidos em uma estrutura onde a prefeitura apresentou esta e outras opções. Entre as demais medidas asseguradas, estão a inserção no mercado de trabalho formal através das oportunidades disponíveis no Sistema Nacional de Emprego (Sine BH) e a oferta de 669 vagas gratuitas em cursos de qualificação nas áreas de administração, contabilidade, artesanato, culinária e informática, entre outras. Também serão ofertadas vagas em feiras semanais de plantas, antiguidades, livros, artesanato, comidas, entre outros.

Impasse
O Código de Posturas foi aprovado em 2003 por meio da Lei Municipal 8616 e sancionado pelo então prefeito Fernando Pimentel (PT), atual governador de Minas Gerais. O Artigo 118 proíbe a atividades de camelôs em logradouros públicos.

Luciano de Oliveira é camelô há cerca de 30 anos e considera que a saída apresentada pela gestão de Alexandre Kalil é a mesma que foi proposta em 2003 por Pimentel.  “Nós fomos para os shoppings populares, mas lá acabamos explorados por empresários e perdemos nossas economias. Precisei investir em um estande e não tive retorno. O aluguel é caro. Além disso, o shopping não tinha piso, não tinha porta, fizemos investimentos do nosso bolso. E o ponto precisava de movimento. Não tinha mais condições financeiras de ficar lá. Por isso, voltei para a rua e agora querem me mandar de volta”.

Outra dificuldade relatada por Oliveira é a concorrência dos chineses que atuam nos shoppings populares. Eles teriam forte poder econômico e acesso a mercadorias com preços melhores, o que dificulta a competição.

Contraproposta
Camelô há mais de 20 anos, Robson da Silva Braga trabalha atualmente com bolsas e acessórios para celulares e está se movimentando para apresentar uma contraproposta. Ele defende a organização de uma feira livre na Praça da Rodoviária, onde os camelôs seriam devidamente cadastrados. Colhendo assinaturas, ele tem atualmente mais de 400 apoiadores.

Para Braga, Belo Horizonte carece de um espaço como o Saara, no Rio de Janeiro, e a Rua 25 de Março, em São Paulo. “Nós não queremos atrapalhar os lojistas e nem a população. Só queremos um local adequado de trabalho, mas queremos uma decisão racional e que seja definitiva. Nós precisamos conseguir o pão de cada dia. Uma feira administrada pelos próprios ambulantes funcionando diariamente, com eventos para atrair consumidores, proporciona isso”, diz.

Braga também rechaça a proposta da prefeitura. “Vendedores ambulantes existem desde a Idade Média. Camelôs trabalham na rua e não em shoppings. Nos shoppings nós somos explorados por empresários. Eles ganham às nossas custas e depois querem cobrar aluguéis altíssimos e nos jogam de novo nas ruas”, diz.

Fonte: AB / Foto: Léo Rodrigues

domingo, 2 de julho de 2017

“Como Vencer o Medo” com Pr. Flauzilino Araújo dos Santos

Trump se encontrará com Putin durante a cúpula do G20 nesta semana

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, vai se encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, na próxima semana na cúpula do G20 em Hamburgo, na Alemanha, disse a Casa Branca nesta quinta-feira (29).  O encontro será realizado entre 7 e 8 de julho.

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, HR McMaster, fez o anúncio em um briefing da Casa Branca, acrescentando que "não há uma agenda específica. Será realmente o que o presidente quiser falar."

O primeiro encontro entre os dois líderes virá em meio a tensões entre os EUA e a Rússia, pois os dois países detêm diferenças sobre uma série de questões, incluindo o conflito na Síria, a crise ucraniana e a expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Em abril, Trump disse que os EUA "não estavam se dando bem com a Rússia" e as relações entre os dois países "poderiam ser as piores da história.”

Reunindo-se com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, em Washington, em meados de maio, Trump expressou seu desejo de construir uma melhor relação entre os dois países.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, disse que os EUA estão trabalhando para estabilizar seu relacionamento com a Rússia, que está "em uma baixa histórica.”

Fonte: AB

Samoa é o primeiro país do mundo a se declarar “cristão”

Parlamento mudou Constituição e poderá proibir o islamismo

Com 75% da população se declarando evangélica e 23% católica, Samoa é um Estado soberano da Polinésia na Oceania, formado por várias ilhas, sendo as principais Savai’i e Upolu. Ela foi parte da Nova Zelândia até 1962.

Temendo uma invasão do Islã, o primeiro-ministro Tuilaepa Malielegaoi explicou que o governo está preocupado com as “guerras religiosas” que ocorrem atualmente em um nível global, resultando em guerras civis dentro das nações.

Por isso, o Parlamento da Samoa aprovou recentemente uma lei que altera a Constituição. O país passou a ser oficialmente um Estado cristão. Entre os 49 representantes do Parlamento, 43 votaram a favor da proposta.

Samoa já tinha uma referência ao cristianismo na Constituição, afirmando que a ação do governo deveria estar “dentro dos limites prescritos pelos mandamentos de Deus” e também que sua sociedade é “baseada em princípios cristãos”.

Antes, o primeiro artigo da sua Constituição declarava que “Samoa é fundada em Deus”, mas essa expressão poderia ser aplicada a todos os grupos religiosos. Termos similares são usados pela Indonésia, de maioria muçulmana.

Na versão atual, o artigo 1 do texto constitucional estabelece: “Samoa é uma nação cristã, fundada em Deus Pai, Filho e Espírito Santo”, mostrando um entendimento especificamente cristão de Deus, sem margem para interpretação de outros grupos religiosos, governo ou judiciário.

Curiosamente, nem a Lei Fundamental do Estado da Cidade do Vaticano, considerada a Constituição do Vaticano declara a cidade-Estado uma nação cristã.

Islã proibido
O Secretário Geral do Conselho de Igrejas de Samoa, pastor Ma’auga Motu, está usando esse argumento para pedir que o Islã seja proibido. O censo de 2001 indica que existem cerca de 50 muçulmanos no país, representando 0,03% da população. Todos frequentam a única mesquita edificada nas ilhas.

Outro aspecto que chama atenção é que, com essa alteração constitucional, os líderes samoanos querem evitar que pressões externas introduzam mudanças significativas na sociedade local.

Uma das questões levantadas durante os debates no Parlamento era o reconhecimento de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, algo que agora ficou impossível de ser aprovado. Com informações Christian Post e The Diplomat

Em São Paulo, espetáculo traz relatos de sobreviventes da tragédia de Mariana

Daniel Mello

O maior desastre ambiental ocorrido Brasil, o rompimento da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais, inspira o espetáculo Hotel Mariana. A peça, feita a partir de depoimentos dos sobreviventes da tragédia, será encenada nos dias 4 e 5 de julho no Itau cultural, na Avenida Paulista, região central da capital.

No palco, os atores escutam, com fones de ouvido, relatos de pessoas que passaram pelo acidente que destruiu comunidades inteiras com a liberação de milhões de toneladas de rejeitos de mineração, além de devastar a vegetação nativa e causar danos à Bacia do Rio Doce. As histórias vão sendo reproduzidas para o público, mostrando a diversidade das pessoas que foram impactadas pelo episódio ocorrido em novembro de 2015.

O rompimento da barragem pertencente a mineradora Samarco provocou a morte de 19 pessoas. Na ocasião, os desalojados do distrito de Bento Rodrigues, o mais atingido pela avalanche de resíduos, se hospedaram em hoteis na região central de Mariana (MG).

Situação atual
No início de junho, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) firmaram um acordo com a Samarco e suas controladoras, Vale e BHP Billinton, para contratação de uma assessoria técnica para os moradores do município mineiro de Barra Longa, também atingido pelo desastre. Essa assessoria deverá contribuir para que a população afetada do município pelo desastre ambiental tenha participação efetiva no processo de reparação de seus direitos.

Em Barra Longa, o distrito de Gesteira foi parcialmente destruído e deverá ser reconstruído com recursos da Samarco. Na área urbana, a lama de rejeitos também causou estragos. Em outubro do ano passado, a mineradora reinaugurou a Praça Manoel Lino Mol, que foi reconstruída como parte do processo de recuperação dos danos.

A contratação de uma assessoria técnica independente, escolhida pela própria comunidade, era prevista em um acordo preliminar firmado em janeiro deste ano entre o MPF e a Samarco. O modelo já havia beneficiado as famílias impactadas em Mariana. Lá a comissão de atingidos, formada majoritariamente por pessoas que moravam nos distritos destruídos Bento Rodrigues e Paracatu, escolheu a Cáritas. A entidade oferece aos impactados consultoria de profissionais de áreas como arquitetura, direito e, agronomia.

Fonte: AB

sábado, 1 de julho de 2017

Protesto contra tortura pede criação de centro de memória no Rio

Vinicius Lisboa
Manifestantes pelos direitos humanos fizeram hoje (1º) um protesto para pedir que o antigo prédio do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), na região central do Rio de Janeiro, abrigue um centro de memória da resistência durante a ditadura militar. Inaugurado no início do século 20, o prédio é da Polícia Civil e, durante a ditadura, foi cenário de violações aos direitos de presos políticos.

O ato se concentrou a dois quarteirões do prédio e caminhou em sua direção durante a tarde. Os manifestantes levavam cartazes que lembravam a repressão do regime militar e denunciavam a persistência de práticas que contrariam os direitos humanos, como a tortura. A psicóloga Vera Vital Brasil, que chegou a ser presa no prédio em 1969, disse que o trabalho da Comissão Nacional da Verdade permitiu abrir a pauta da memória a grupos que vão além dos torturados e dos familiares de mortos e desaparecidos.

"Essa luta é uma luta conjunta, que precisa ser apropriada por todos que estiveram nas prisões do passado, como eu estive, como também os jovens que hoje vivem a barbárie, o genocídio da população pobre e negra. Se a gente não conhecer a nossa história, não vai dar um passo à frente para construir o nosso país", disse a militante, que hoje tem 70 anos e é integrante do coletivo RJ Memória, Verdade e Justiça.

Ao fim da caminhada, os manifestantes se concentraram na frente do prédio, e representantes dos coletivos destacaram a violência sofrida no passado e no presente por grupos como mulheres, moradores de favela e religiosos de matriz africana, traçando paralelos com a repressão política da ditadura. Foram lidos trechos do depoimento de Inês Etienne Romeu, militante que foi torturada na década de 70 na Casa da Morte, de Petrópolis. No centro de tortura, ela recebeu choques elétricos nos membros, na cabeça e nos seios, foi estuprada e espancada repetidas vezes.

Inês foi a única pessoa que sobreviveu à tortura no local e depôs em 1979 à Ordem dos Advogados do Brasil sobre os crimes de que foi vítima. Antes de morrer, em 2015, ela também pôde contar sua história à Comissão Nacional da Verdade.

Fonte: AB